domingo, 20 de fevereiro de 2011

Estudante católico expulso da sala por não acreditar que o ânus é um órgão sexual OU o bullying politicamente correcto

Um estudante secundário duma escola de Michigan - que foi recentemente expulso da sala de aulas por afirmar que não concorda com o comportamento homossexual - está a receber suporte legal numa altura em que se encontra no centro dum tumulto nacional e é alvo dos activistas homossexuais.
Daniel Glowacki, de 16 anos, conseguiu que a Thomas More Law Center (TMLC) o representasse legalmente devido aos eventos que se desenrolaram no dia 20 de Outubro na Escola Secundária Howell, onde ele tinha-se envolvido numa discussão em defesa do seu colega devido ao facto do professor (Jay McDowell) ter dito a este colega para retirar a fivela contendo uma bandeira da Confederação.


O advogado da TMLC, Robert Muise, declarou a OneNewsNow que o professor usava durante o incidente uma T-shirt que dava ênfase ao alegado "bullying" dos homossexuais, portanto Glowacki expôs a hipocrisia.
Então o professor disse, "Não aceitas o estilo de vida homossexual?" Daniel disse, "Não. Eu sou católico, portanto não aceito". Foi então que o professor ficou bastante zangado e ordenou que ele saísse da sala...Ele gritava para o Daniel, fazendo comentários do tipo "Se tu és um católico, então deverias estar numa escola católica e não numa escola pública".

O advogado da TMLC afirma que o seu grupo enviou um pedido à escola do distrito de modo a que esta possa trazer ao público vários documentos, "incluindo queixas prévias feitas ao trabalho deste mesmo professor, que, pelo que sabemos, ainda são algumas".
Para além disso, a sua firma está esperançosa em chegar ao fundo da questão uma vez que eles suspeitam que "há algo muito pernicioso a acontecer na escola do distrito; tal como nós sabemos, o mesmo está a acontecer em outras escolas de outros distritos. Nós vamos tentar acabar com isto."

Muise afirma que os activistas homossexuais estão a saudar o professor como um herói (pese embora o facto de ter sido suspenso por dois dias) e a criticar Glowacki e a sua família descrevendo-os como "intolerantes". Para além disto, a seita que gosta de misturar sistemas digestivos com sistemas reprodutores refere-se às crenças católicas do jovem como "discurso ódio".

Esta notícia encerra em si a espinha dorsal do marxismo cultural. Senão vejamos:
  • Intimidação de cristãos.
  • Ódio ao patriotismo (manifesto na imagem na fivela).
  • Uso das escolas públicas para avançar com a ideologia (professor usava T-shirt a criticar o "bullying" de homossexuais).
  • Censura da opinião que contradiz o homossexualismo (precioso para o movimento marxista cultural).
  • Tentativa do uso do sistema legal para censurar o que os homossexuais qualificam de "discurso de ódio".
Claro que o Dr. Muise está correcto; há algo que se passa nas escolas públicas dos distritos. Mas não é só nos EUA mas em todo o mundo. O lobby homossexual está a usar o espaço público para avançar com a sua agenda sodomita e a usar o sistema legal para censurar os seus grandes (e provavelmente, os únicos) opositores ideológicos: os cristãos.

Estas pessoas são tão nojentas e tão baixas que não tem a mínima vergonha de atacar crianças de 16 anos na sua luta. Queixam-se de bullying, mas pelos vistos há bullying que, aos olhos dos sodomitas, é aceitável.

2 comentários:

  1. Eu apoio a resistência a militância LGBT. Porém todos sabem que os confederados são racistas e que lutaram pela não abolição da escravatura!

    ResponderEliminar
  2. eu sou contra os ativistas homossexuais tbm, mas fica dificil crer numa noticia dessas se voce não posta os links de fonte. É preciso provar o que se diz, caso contrário, isso é irresponsabilidade.

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...